Categoria: Uncategorized

Setembro 24, 2021

A gestação é uma altura muito importante e sensível na vida de uma mulher. Para zelar pela saúde do bebé, muitas mães acabam por ficar com medo de fazer certos tratamentos dentários, mas nós estamos aqui para ajudar.

Se planeja engravidar, a melhor época para procurar um dentista é antes do início da gestação para avaliar o estado geral ou corrigir alguma situação que possa levantar problemas durante a gravidez, como a extração de um ou mais sisos. No caso de já estar grávida, o indicado é fazer um check-up dentário o quanto antes.

Contudo, no primeiro trimestre da gravidez não é conveniente avançar para intervenções muito invasivas como extrações de dentes ou desvitalizações. Durante a gravidez procura-se prevenir eventuais complicações orais e iniciar o tratamento de situações agudas, a concluir depois do parto.

A Ordem dos Médicos Dentistas de Portugal divulgou uma série de informações que desmistificam questões como o enfraquecimento dos dentes da mãe devido a perda de cálcio. Tal facto não acontece, pois, o cálcio está presente nos dentes da mãe, de forma estável e cristalina, não sendo disponível para a circulação sistémica.

Algumas situações são comuns na saúde oral durante a gravidez, especialmente a partir do segundo trimestre e que merecem atenção, como por exemplo, as lesões vasculares edematosas nas gengivas, designadamente epúlides gengivais gravídicas. De causa hormonal, estas lesões têm maior incidência e gravidade na presença de bactérias. Torna-se por isso muito importante tomar medidas que reduzam a placa bacteriana e o tártaro, tais como a escovagem eficaz, o uso do fio dentário e/ ou escovilhões, as destartarizações regulares e a utilização de antimicrobianos orais como o elixir.

O aumento da resposta inflamatória do organismo, fruto de alterações hormonais durante a gravidez, favorece o rompimento dos vasos sanguíneos nas gengivas e o aparecimento da gengivite e doença periodontal. Por isso é fundamental visitar o dentista logo que surgir algum sintoma ou situação de incomodo.

Como manter a saúde da sua boca durante a gestação?

– Evite a ingestão excessiva de alimentos salgados e doces, que favorece o aparecimento de cáries

– Lave os dentes com mais frequência, usando o dentífrico mais adequado à sua condição oral (definido em cada caso pelo médico dentista). Não esquecer o fio dentário e o elixir

– Se mantenha informada e procure ajuda aos primeiros sintomas

– Faça os possíveis para evitar a criação de ambientes ácidos na boca. No caso de ter vómitos, uma boa solução poderá ser bochechar de seguida com água e uma colher de chá de bicarbonato de sódio ou usar um elixir com flúor.

– Mantenha uma alimentação equilibrada.

Setembro 22, 2021

De acordo com a Ordem dos Médicos Dentistas de Portugal, um quarto da população do país fuma. Esta é uma informação preocupante para a saúde de todo o organismo, visto que o consumo de tabaco é uma das principais causas de morte e doença evitável.

O tabaco é constituído por mais de 4 mil substâncias, algumas com efeitos tóxicos, cancerígenos e que provocam dependência. Além disso, as consequências apenas para a saúde oral vão desde a halitose até doenças mais graves como o cancro. Aliás, o tabagismo é o principal fator de risco para o desenvolvimento do cancro oral.

Além de provocar lesões potencialmente malignas na boca, fumar também acelera o processo de perda dos dentes e pode levar ao insucesso na reposição dos mesmos através de implantes dentários.

Outras manifestações orais que resultam da exposição continuada aos constituintes do tabaco incluem as cáries dentárias (cervicais), a melanose do fumador na gengiva e mucosa jugal (bochecha), a pigmentação dos dentes, entre outras.

O melhor tratamento contra esses problemas ainda é a prevenção. Procure ajuda e deixe de fumar o quanto antes. Também não esqueça de fazer visitas regulares ao médico dentista.

Setembro 20, 2021

É comum relacionar o sangramento da gengiva com à má higiene oral. Porém, o sinal vermelho pode estar muito além de um problema nos dentes. O sintoma pode indicar deficiência em outras áreas do organismo, como a carência de vitamina K, leucemia, alterações hormonais, diabetes, queda de resistência e desordem hemorrágica.

Se sua gengiva sangra, é importante ser observada de perto por um dentista. Problemas na região podem significar desde o comprometimento dos dentes, pelo acúmulo de placa bacteriana, até doenças mais sérias.

Estudos apontam que a maior causa do sangramento gengival é o acúmulo de bactérias. Quando elas não são removidas dentro de um prazo adequado, amadurecem e formam o tártaro, que acabam por causar o sangramento das gengivas.

O que fazer para prevenir ou combater o sangramento?

– Mantenha uma rotina de higiene oral;

– Utilize o fio dentário pelo menos uma vez ao dia;

– Consultar regularmente o dentista;

– Utilize escova dental com cerdas macias;

– Cuidado com o consumo em excesso de açúcares e hidratos de carbono simples;

Setembro 17, 2021

O bruxismo é o hábito de ranger ou apertar os dentes onde é aplicada força excessiva na musculatura mastigatória, provocando um desgaste dos dentes. É um comportamento involuntário que pode acontecer durante o dia ou durante a noite, neste último caso é considerada um sintoma de perturbação do sono, que pode estar associado a outros sintomas como o ressonar ou a apneia do sono.

Uma das maiores causas apontadas para o hábito de ranger os dentes são os níveis de ansiedade e stress. Por esse motivo, ele costuma acometer pessoas entre os 20 e os 50 anos, por ser uma das fases mais ativas da vida. Outros fatores associados ao bruxismo são o consumo de tabaco e de cafeína ou álcool.

É um problema silencioso, pois muitas pessoas não sabem que possuem o transtorno. Porém, em casos mais graves podem ocorrer danos não só à estrutura dentária mas também à estrutura de suporte à mastigação.

Alguns sintomas que podem indicar que você sofre de bruxismo são:

– Dentição começa a ficar lascada e mais curta;

– Perda do esmalte dentário e, por consequência, início de sensibilidade nos dentes;

– Acordar com rigidez nos músculos da face, cabeça e pescoço;

– Dor facial;

– Dor a nível da articulação que une os maxilares ao crânio;

– Músculos da mandíbula cansados ou “presos”, não “abrindo” na totalidade;

– Dores de cabeça na zona temporal;



Formas de prevenção

A goteira oclusal é a principal (e mais simples) forma de para proteger os dentes do bruxismo noturno. Se é o stress que está a causar o ranger dos dentes, a prática de exercício físico ou a terapia podem revelar-se de grande utilidade para minimizar o bruxismo.

Novembro 21, 2019

Se perdeu alguma peça dentária, saiba que a prostodontia permite-lhe a sua substituição.
Proteses removíveis ou Fixas são a solução para esse problema.

Uma prótese dentária deve ser colocada em casos em que há uma ausência parcial ou total de dentes. É um método para a substituição de dentes naturais que ao longo dos anos se tem comprovado como sendo eficaz e mais acessível do que outros métodos como por exemplo os implantes dentários. Embora seja muito negligenciada, a mastigação correcta dos alimentos é fundamental para qualquer indivíduo. Corrigindo a dentição irá prevenir ou até eliminar problemas de digestão que surgem com o facto de os alimentos serem mastigados de forma deficiente. Em relação à estética, é inegável que um sorriso com a dentição completa tem benefícios claros: a sua auto-estima aumenta, a sua auto-confiança no trabalho e nas suas relações pessoais torna-se superior. Em suma, você se sentirá muito melhor consigo mesmo(a). No que toca à dicção, sem dúvida que se tornará mais clara e perceptível. E nem será necessário demonstra-lhe os benefícios inegáveis desta melhoria.

Se a prótese dentária tem como objectivo substituir uma dentição que ainda existe, mas em condições em que é irrecuperável, um outro benefício é o facto de [eventualmente] eliminar a formação de bactérias e prevenir infecções advindas de uma dentição em mau estado (exemplo: substituição de dentes cariados e sem recuperação possível). As próteses removíveis servem para as pessoas que tenham sofrido de perda total de um ou mais dentes e como a consequencia necessitam a sua substituição, sendo esse tipo de protese mais rápido e que lhe fica mais em conta.

Marque já o seu Orçamento sem custo algum.

Posted in Blog, Uncategorized
Setembro 9, 2019

 É uma especialidade da Medicina Dentária que trata as doenças da gengiva. Se costuma sangrar das gengivas saiba que é uma das consequências da Gengivite. Que basicamente é uma inflamação gengival que resulta em mau hálito (halitose), sangramento gengival, ardor, etc..Sente que os seus dentes abanam? Então tem de consultar urgentemente o seu Médico Dentista. Pois é o que acontece quando se tem Periodontite, ou seja, problema proveniente do osso que sem o devido tratamento pode resultar em mobilidade dentária seguida de perda dentária.

á notou que os seus dentes mostram as raízes ? Sente uma sensibilidade dentária maior? Então saiba que está a sofrer de Retração Gengival que resulta da acumulação de tártaro e provoca esse problema que mais tarde poderá originar também a perda dentária. Procedimentos simples como uma Destartarização são importantes para a prevenir isso.
Fale conosco para saber mais sobre a saúde das suas gengivas! Faça o seu check-up conosco. Só assim conseguirá prevenir muitas das doenças gengivais.

Se acha que as suas gengivas rouba-lhe o sorriso então temos uma solução ideal para si! Gengivectomia/Gengivoplastia é um procedimento cirúrgico que se baseia em alargar o seu lindo sorriso, trata-se de uma pequena cirurgia rápida onde o seu Médico Dentista refaz o contorno da gengiva diminuindo o tecido gengival mas aumentando assim a exposição dos seus dentes. A recuperação dura apenas uma semana ao fim da qual notará uma grande diferença no seu sorriso que aumentará a sua confiança.

Posted in Blog, Uncategorized
Translate »